quarta-feira, 8 de maio de 2013

Tempo da Revolução. Os Jovens da UJS e os Evangélicos


TEMPO DA REVOLUÇÃO. OS JOVENS DA UJS E OS EVANGÉLICOS

O trabalho "Tempo da Revolução. Os Jovens da UJS e os Evangélicos" foi originalmente escrito com outro título e naquela oportunidade o mesmo colheu do Pastor Ademar, Professor de Grego no Seminário Teológica da Assembléia de Deus a seguinte reação, como segue: Ademar Souza e Silva < pastorademar@gmail.com> escreveu:
JESUS CRISTO É A NOSSA VITÓRIA!!!!!!!!!!!!!!!!!! 1Jo
Querido e amado Adamir Gerson.
Parabéns.
Você é um grande escritor.
Gostei.
Li e reli avidamente seus escritos.
Muito obrigado.
Eu te amo em nome de JESUS CRISTO.
Continue firme.
Você é um homem iluminado.
Aleluia!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
EU SOU A LUZ DO MUNDO.
QUEM ME SEGUE,
NÃO ANDARÁ EM TREVAS.
MAS TERÁ A LUZ DO MUNDO. João 8.12
Saúde prá você.

Pr. Ademar
-------------------

Por volta do ano de 97, 98 Adamir Gerson conheceu os jovens da UJS (União da Juventude Socialista), entidade estudantil ligada ao Partido Comunista do Brasil.

Tendo ficado no meio deles, indo e vindo com as boas novas, no ano de 99 foi surpreendido pelo jovem Ronaldo dizendo ele para Adamir Gerson que estavam se preparando para a revolução comunista que, segundo ele, iria ocorrer em breve, em aproximadamente cinco anos. Por volta do ano de 2004, 2005, no mais tarde no ano de 2006, vai explodir a revolução proletária no Brasil; e, então, os burgueses irão comer o que a nossa mão der. E o jovem Ronaldo dizia isto com a maior das certezas, dizendo que em todo o Brasil estava havendo preparações para a grande revolução.

Bem, o tempo declinado por Ronaldo para explodir a revolução proletária chegou, 2004, 2005, 2006, e a verdade é que a revolução não veio, todavia deixando a intrigante pergunta: o que teria levado não só Ronaldo, mas todos aqueles jovens, cerca de doze, a acreditarem piamente que estavam em curso no Brasil preparações para a revolução do socialismo? Ainda mais, as suas esperanças estarem se dando em um clima completamente adverso, pois em toda a terra o socialismo estava sendo questionado por conta das grandes manifestações na Europa que fizeram ruir governos socialistas.

Havia realmente no Brasil preparações para a revolução? Havia sim, para a revolução do socialismo celestial. A revolução do socialismo celestial iria acontecer, seria deflagrada a partir do povo evangélico que sem o saber carrega adormecido no espírito ao socialismo. Os evangélicos vinham crescendo numericamente, dobrando a sua população em apenas duas décadas, em cadaq esquina surgindo uma nova igreja, e mais do que isso: cada vez mais se interessando por política!

E chama à atenção que paralelamente a esse crescimento e desenvolvimento político por parte dos evangélicos os comunistas do PC do B também vieram passando por metamorfose revolucionária. Abandonaram o sectarismo político e se tornaram homens e mulheres do diálogo, sem, contudo, jamais abandonar a luta pelo socialismo.

O que é isso? Como explicar essa metamorfose nos revolucionários do PC do B?

É o seguinte: quando os escravos hebreus foram libertos do Egito por Moisés e tomaram o rumo de Canaã, a terra da promessa, ora, quando atravessaram o Mar Vermelho e seguiam rumo ao seu objetivo, antes de atravessarem o rio Jordão, conquistaram aos amorreus a terra de Gileade. E Moisés deu Gileade como herança para a tribo de Rubem, e para a Tribo de Gade, e para a meia-tribo de Manassés.
           
Acontece, porém, que o objetivo final da marcha hebréia era Canaã que se situava depois do rio Jordão e não Gileade, antes do rio Jordão. As promessas que Deus fez a Abraão seriam de que sua descendência peregrina iria ocupar e encontrar descanso em Canaã.
           
De modo que tendo chegado o momento exato dos filhos de Israel atravessar o rio Jordão e ir desalojar os cananeus e filisteus e ocupar seus lugares a verdade é que aqueles que tinham recebido Gileade como herança se negaram a atravessar o rio Jordão. Estavam satisfeitos com o que tinham.
           
Mas Moisés agiu duro com eles. Caso se negasse a atravessar o rio Jordão até mesmo o que tinham iriam perder. Por fim as tribos de Rubem e de Gade, e a meia tribo de Manassés consentiram em atravessar o rio Jordão na frente dos seus irmãos a fim de ajudá-los a também conquistar a sua herança.

E no antítipo tudo isto voltou a se repetir. Lênin e os revolucionários bolcheviques naqueles anos críticos de 17, 18, 19 fizeram a revolução e marcharam resolutamente na direção do Comunismo. Atravessaram o seu Mar Vermelho, que foi a vitória sobre a contra-revolução interna e a vitória sobre as nações imperialistas, caminharam pelo deserto cercados de nações hostis, e sempre seguindo rumo ao Comunismo. Mas, tal quais os escravos hebreus, a verdade é que os revolucionários marxistas também tiveram a sua Gileade, a conquista do deserto, a saber: o Socialismo Real!

Mas o objetivo final de sua marcha não era o socialismo real, mas o Comunismo! De modo que o mesmo chamado de Moisés que chegou às tribos de Rubem e de Gade, e á meia tribo de Manassés, também iria chegar para os marxistas-leninistas-stalinistas. Iriam ser conscientizados que o socialismo real é Gileade, a terra que os hebreus conquistaram aos amorreus antes do Rio Jordão, e que o lugar de descanso do proletariado seria o Comunismo, depois do Rio Jordão. Iriam ser conscientizados do que realmente estava depois do rio Jordão, depois do socialismo.

Ora, tendo chegado o momento da travessia do Rio Jordão aqueles que conquistaram sua herança antes do Rio Jordão se negaram ao prosseguir na marcha, porque já tinham sua herança, o que significa dizer que por ser o antítipo de imediato os marxistas irão se negar à travessia do Rio Jordão da Revolução. Bem, o que fará com que os construtores do socialismo real a princípio se neguem a atravessar o Rio Jordão da revolução, que significa passar do socialismo para o Comunismo? Porque ouvirão que o Cristianismo e o Marxismo fazem parte do mesmo processo de Redenção, a luta de Deus contra a grande cidade que em sentido espiritual se chama Sodoma e Egito (Apocalipse 11.8). Ouvirão que a passagem do socialismo para o Comunismo se dá no exato momento em que os marxistas reconhecem nos cristãos seus irmãos de sangue. Reconhecem que se colocar a espiritualidade cristã no Marxismo o que se tem é o Comunismo. E que se tirar do Comunismo a espiritualidade cristã o que fica é o socialismo. Em uma palavra, ouvirão que a passagem do socialismo para o Comunismo se dá na reconciliação do Marxismo com o Cristianismo. Essa reconciliação é que significa a travessia do Rio Jordão por parte da revolução. E tudo isto lhes soará estranho porque não constam na Teoria que fez e formou seus seres intelectuais.

É verdade, tendo chegado o momento da travessia do Jordão as tribos de Rubem e de Gade, e a meia tribo de Manassés se negaram à travessia. Mas Moisés lançando em seus espíritos esclarecimentos, de que a promessa que Deus fez a Abraão era Canaã, depois do rio Jordão, finalmente os rubenita-gadita-manassitas se curvaram a Moisés, deixando Gileade aos cuidados de suas esposas e de seus pequeninos e eles mesmos indo atravessar o rio Jordão na frente dos seus irmãos a fim de ajudá-los a também conquistar sua herança. De recalcitrantes se tornaram nos Valentes de Jah!. Isto significa dizer que os marxistas irão se conscientizar que realmente falta ao socialismo o complemento do cristianismo e que foi esta falta a razão de sua queda. Como dito pelo teólogo Leonardo Boff, as massas tem sede de pão, mas também tem sede de transcendência, esta falta na Teoria já detectada no final da década de 20 pelos primeiros luminares da Escola de Frankfurt. Destarte, a espiritualidade cristã se cruzando com a materialidade socialista torna o imperfeito em perfeito, isto é, neste cruzamento, mútua fecundação, tanto o socialismo se converte no Comunismo como o cristianismo se converte no Reino de Deus, Comunismo e Reino de Deus representando o pleno amadurecimento tanto de marxistas como de cristãos. E isto é certamente o cumprimento magistral das palavras que Jesus colocou em Paulo segundo o que está em ICoríntios 13.9-10. O que é completo se manifesta para tomar o lugar do que é parcial.

É verdade, quando Moisés dirigiu palavras sábias aos rubenita-gadita-manassitas, de que deveriam atravessar o rio Jordão na frente dos seus irmãos, chegou o momento da morte de Moisés. Moisés, que atravessou o Mar Vermelho, agora não iria atravessar o rio Jordão. Outro iria atravessar no seu lugar, Josué, preparado pelo mesmo Deus que preparara Moisés no deserto de Midiã. E Moisés morre, vendo com os próprios olhos a terra da promessa do outro lado, que ele mesmo não entraria, mas a sua descendência tomaria posse. E Moisés morre e os filhos de Israel pranteiam Moisés por trinta dias. Por fim se entregam à nova liderança de Josué, e vão atravessar o Rio Jordão, indo desalojar de Canaã cananeus e filisteus. É verdade, nessa passagem do socialismo para o Comunismo, mudanças profundas ocorrem na Revolução. O Marxismo atravessou o Mar Vermelho da Revolução, mas agora que chegou o tempo da travessia do rio Jordão da Revolução, outro atravessará no seu lugar, o socialismo celestial.

E assim como aconteceu na situação típica, quando a Arca do Pacto foi colocada sobre os ombros dos sacerdotes de Deus, com a Arca do Pacto atravessando na frente de todo o povo, para pavor dos reis de Canaã que se uniram a uma para enfrentar Josué e os filhos de Israel, a verdade é que a Arca do Pacto que irá agora atravessar em ombros dos sacerdotes de Deus, em ombros de homens e mulheres que se acordaram para o Deus da revolução, é o PAREPA, PArtido da REconstrução do PAraíso. E certamente que o pavor que caiu sobre os reis de Canaã, com Adonis-Zedeque, rei de Jerusalém, mandando dizer a Hoão, rei de Hébron, e a Pirão, rei de Jarmute, e a Jafia, rei de Laquis, e a Debir, rei de Eglom: Subi a mim e ajudai-me, sim, certamente que à notícia de que no Brasil o socialismo está se levantando com uma força muito mais forte, muito mais avassaladora, causará pavor nas nações opressoras. E certamente que Estados Unidos, União Européia e nações títeres mundo afora ficarão de alerta. De prontidão. De modo que é mesmo Apocalipse 19.19 em pleno andamento. E a razão que o socialismo está se levantando com uma força avassaladora é porque o povo evangélico se acordou da noite pro dia que o socialismo é Deus, ora, evangélicos e marxistas se levantando como a um só povo, isto fará com que essas nações, aterrorizadas, cooptem ao seu lado o “novo Francisco de Assis”, obra de imitação, porque o verdadeiro Francisco de Assis, com a missão de reconstruir a Igreja de Deus, com a missão de reconstruir o Paraíso de Deus, está se levantando nos trópicos do Brasil.

Voltando ao Jovem Ronaldo

Começamos a entender porque naquele final da década de 90 o jovem Ronaldo, juntamente com mais doze jovens, acreditavam piamente que a sua militância na UJS não estava sendo em vão. Era preparação para a grande revolução que em breve iria explodir no Brasil. Certamente que era a presença do Espírito Santo em suas vidas. Era Deus os alimentando. Porque iria chegar o momento em que o Grande Chamado para realizar a revolução iria chegar a estes jovens. Estes jovens iriam receber o Chamado e a Missão para irem a todo o povo evangélico e os acordar para o socialismo. Iria falar-lhes de Marx como tendo sido o novo Abraão, de Lênin como tendo sido o mesmo Moisés. Iria falar-lhes que a escapada dos escravos hebreus da opressão do Egito rumo à Canaã se repetiu na escapada do proletariado da opressão do capitalismo rumo ao socialismo. Iria falar-lhes que o afundamento das forças militares de Faraó nas águas empoladas do Mar Vermelho se repetiu na destruição das nações imperialistas que naquele ano de 1918 entraram no território revolucionário. Iria até mesmo falar-lhes que o ataque de Amaleque aos filhos de Israel, covarde, pelas costas, aproveitando-se da situação de um povo que estava cansado e exausto, se repetiu no ataque covarde das forças de Hitler à Pátria-Mãe do Socialismo naquele ano de 1941.

Helinho

É verdade quando o jovem Ronaldo dizia, cheio do espírito: estamos nos preparando para a grande revolução que em breve explodirá no Brasil, era mesmo o espírito de Deus atuando naqueles jovens. E temos uma prova contundente a esse respeito. Helinho, líder daqueles cerca de doze jovens. Helinho tornou-se um jovem maduro, se abriu para o Evangelho, adquiriu uma fé inabalável em Deus, de modo que se pode dizer que Helinho deixou de estar no socialismo para estar no Comunismo. Galgou esse estágio superior, que Fidel Castro julgou estar no conteúdo da parábola de Mateus 20.

Certamente que em breve toda a UJS estará se levantando no patamar novo do socialismo celestial. E no lugar do tempo gasto em baladas no final de semana eis que agora estes jovens sairão pelas vilas, e pelos bairros de suas cidades a bater em portas evangélicas e lhes falar ali do socialismo. O que hoje é feito pelas Testemunhas de Jeová que ao final de semana saem em grandes grupos à porta das pessoas isto será feito pelos jovens da UJS. Em grupos irão para um canto da cidade a levar para aqueles que conheceram Jesus na mediação de Paulo agora também o complemento da mediação em Marx. Toda a cidade terá de saber que estar em Jesus é estar afastado das concupiscências da carne, mas também afastado das concupiscências do dinheiro. Fora Sodoma! Fora Egito! É o clamor que se ouvirá; porque Sodoma e Egito têm traspassado a muitos com muita dor. Esta cidade que crucificou Jesus (Apocalipse 11.8) tem crucificado a muitas mães, a muitos pais, que no lugar de verem seus filhos passar a juventude na escola os vê passando a sua juventude atrás das grades, entregues às drogas, ao crime, e a tantas e tantas futilidades que o sistema capitalista é mestre em parir, pois estas futilidades ajudam-no a se manter de pé.

Shuanck Telles

É verdade, iria chegar o tempo em que Deus iria agir no espírito de todos os jovens da UJS e eles iriam adquirir sentido revolucionário. E verdade é que Deus já tem começado a agir. É o jovem Shuanck Telles que em Maceió está trabalhando junto aos jovens da UJS no intuito de acordar-lhes para o socialismo celestial. Em breve aqueles jovens de Maceió irão se acordar, e acordados irão acordar todos os jovens de Maceió e do Estado de Alagoas. E a notícia se espalhará contagiando cidade á cidade, Estado à Estado, país à país, continente à continente. É o grande exército de Deus, conforme Joel 2, começando a sua caminhada pela terra: De todos os lugares, vinham aos milhares, e em pouco tempo eram milhões; Invadindo ruas, campos e cidades, espalhando amor aos corações, Guerra dos Meninos, do Roberto e do Erasmo, uma antevisão do que está prestes a acontecer no Brasil a partir dos jovens da UJS.

Um comentário:

  1. Olá conheci seu blog através de uma amiga e irmã.
    Suas postagens são interessantes e esclarecedoras, e de um modo geral irá produzir frutos.
    Continue nesta missão, pois a recompensa é grande!

    A propósito se ainda não estiver seguindo o meu blog, deixo aqui o convite:
    http://frutodoespirito9.blogspot.com/
    ─╔╗╦╔╗╔╗──╦╗╔═──╗╔╔╗╦╔╦╗╔╗─
    ─╚╗║║╦║║──║║╠═──║║║║║─║─╠╣─
    ─╚╝╩╚╝╚╝──╩╝╚═──╚╝╚╝╚═╚─╝╩─

    Que Deus te abençoe e te guarde!

    P.S. Recomendo o blog do irmão J.C. de Araújo, mensagens atuais e polêmicas...
    http://discipulodecristo7.blogspot.com/

    Em Cristo,
    ***Lucy****

    ResponderExcluir